Recordações

Quando a saudade bate, gosto de visualizar fotografias. Sentir o tempo que passou, atualizo em mim recordações que me fazem viver… Vejo as fotos antigas e fico pensando tanto, sonhando tanto. Não sei por quê, brota um sentimento diferente. Por onde passo, faço amizades, espalho sementes em palavras, versos, faço o meu caminho de um jeito que sei que jamais repetirá… como isso dói de pensar que… Ufa! A gente tem vontade de chorar, de sorrir de fatos e situações que o tempo eternizou. Hoje, se eu pudesse, traria para perto de mim em presença real tudo aquilo de belo que outrora vivi: pessoas, vinhos, violão, cantigas que da minha cabeça nunca saíram, sentimentos que o meu coração sentiu. Cidades, papéis e canetas, cores e sonhos estão dentro de mim e jamais os deixarei partir, afinal o texto escrito a partir do cotidiano que vivi é parte da minha história – que não posso esquecer, ainda que eu quisesse… hoje eu recordo com muita saudade… Saudades!!!

Sobre Pe. Ivanilton,msj

Sou mineiro, natural de Águas Formosas, pequena cidade situada na região nordeste do estado. Desde muito cedo, gosto de trabalhar com minhas próprias mãos. Amo a cultura mineira, gosto do meu povo, das cantigas de roda e das famosas comidas típicas que só se encontram em Minas. Somente aos 18 anos de idade é que saí de casa, entrei para o Seminário do Instituto Missionário São José. Em Aparecida do Taboado, MS, recebi a formação propedêutica. Terminado este período, mudei-me para Taubaté, SP, onde cursei três anos de Filosofia, na UNITAU (Universidade de Taubaté) e, logo após, iniciei o curso de Teologia, pela faculdade Dehoniana. Passados quatro anos de estudos teológicos, fui ordenado Diácono, pelo Instituto Missionário São José, do qual sou membro. Em julho de 2009 fui ordenado Padre e, hoje, exerço o meu ministério na Paróquia Santa Rita de Cássia em Pontalina/GO. Creio que a vida é o dom mais precioso que Deus, gratuitamente nos presenteou. Por isso, carrego em meu coração, o desejo de viver seguindo os pés do Mestre dos mestres, Jesus de Nazaré. O lema que me inspira e ilumina a minha missão é: "Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham plenamente" (cf.: Jo 10,10b).

6 comentários sobre “Recordações

  1. Pe. Ivanilton, o sr. é um amor. Por onde passa deixa saudade, deixa o melhor de si. Tenho muita saudade das noites que passamos aqui em casa com amigos, rindo, cantando, conversando. Saudade da sua alegria, atenção, dos abraços cheios de Deus. Obrigada por ter passada em nossa vida, deixou SAUDADE. Amamos vc padre da alegria que contagia. Deus te abençoe.

  2. Que lindo Pe.Ivanilton, só o Sr. mesmo pra nos alegrar com essas suas tão belas palavras,mas isso é a mais pura verdade,por onde o Sr. passa fica só amizades, espalha sementes em palavras e versos. E é isso mesmo que temos que fazer quando a saudade bater,só revendo as fotografias.

  3. Que lindo… Fiquei emocionada em ler essas lindas palavras. E fico muito feliz e orgulhosa em saber que faço parte dessas recordações… Você foi e sempre será um grande amigo, que amo muito

  4. Essa palavras, foram tudo que vivemos aqui, que nem o tempo nem a distancia pode apagar,Pe Ivanilton c vc esta fazendo falta aqui…. como se diz a saudade é um sentimento que quando não cabe no coração escorre pelos olhos.DEus o abençoe hj e sempre!!!!

  5. É possível aprender com as quedas o segredo do sucesso assim como é possível passar a vida inteira a lamuriar a decepção e o desencanto. E você, o que escolhe, o aprendizado e o recomeço ou a queda e a desistência?

    Leia mais…

  6. É possível aprender com as quedas o segredo do sucesso assim como é possível passar a vida inteira a lamuriar a decepção e o desencanto. E você, o que escolhe, o aprendizado e o recomeço ou a queda e a desistência?

    Leia mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *