Esperas

Apresentação1Nos dias de hoje, de modo especial, não há espaço para as esperas. Esperar é uma tarefa difícil e inaceitável para boa parte dos humanos. Tudo se faz em fração de segundos. Comandos que damos inconscientemente e modificamos o mundo a nossa volta, acontecem em velocidade sem igual. O mundo está agitado. Sem esperança, sem tempo de espera…

Se pensamos no mundo das relações, seja pessoal ou interpessoal, percebemos que o ser humano não tem muita paciência para consigo mesmo. Veja bem, se vai à Igreja preocupa-se em receber o milagre no seu tempo, de acordo com a sua necessidade e disponibilidade. Não sabe esperar. Na lógica do estômago, seria o “comer cru” por não saber esperar.

Assim está o ser humano, faminto de respostas rápidas, de milagres instantâneos, de lucro imediato. Talvez seja por isso, que não se faz mais comida em fogão à lenha como antigamente… Aliás, ainda existem comunidades que conservam esta tradição, buscam a lenha e preparam o fogo, e a comida demoradamente é preparada e sacia a fome de quem soube esperar. Mas é uma rara exceção. Na verdade, cozinhar em fogão à gás é mais ágil e prático, além de não encarvoar a panela: chama-se Modernidade.

Mas, confesso que não foram poucas as vezes que tive vontade de não ser moderno. Por que ser moderno cansa demais, stressa muito, então, melhor diminuir o ritmo e esperar com mais tranquilidade os resultados do tempo, com suas surpresas e encantos! Saber esperar é um jeito de ter esperança!

Category: Imagens, Meditações | No comments yet


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *