Eleito presidente da Comissão Episcopal de Pastoral para o Serviço da Justiça, da Caridade e da Paz

Nesta última Assembléia dos Bispos do Brasil (CNBB – 2011), além de ser eleita a nova presidência, foi também eleito o presidente da Comissão Episcopal para o Serviço da Justiça, da Caridade e da Paz. Dentre todos os bispos, foi eleito Dom Guilherme Antônio Werlang, MSF…

Diocese de Ipameri

Dom Guilherme Werlan

Para nos mostrar o que esta eleição significa para Dom Guilherme, acompanhe a carta que ele mesmo escreveu por ocasião de sua eleição:

“…fui eleito como presidente da Comissão Episcopal de Pastoral para o Serviço da Justiça, da Caridade e da Paz. É a maior das 12 Comissões Episcopais de Pastoral. Temos, ao todo, 06 bispos na Comissão. Os 05 que comigo compõem a Comissão deverão ser indicados por mim e aprovados pelo Conselho Permanente.

São ao todo 22 pastorais sociais e seus desdobramentos que fazem parte de nosso trabalho. Pretendo fazer uma gestão e trabalho com o método participativo.

Temos que dar uma atenção especial às questões indígenas, afro, meio ambiente, solo urbano e suas graves conseqüências, escravidões tanto as tradicionais da terra quanto das drogas, além de tudo que já está sendo feito há tanto tempo por todas as pastorais sociais.

Também foi aprovada, em Assembléia e por unanimidade a necessidade de uma 5ª Semana Social Brasileira.

Na última reunião que a Comissão realizou antes da atual Assembléia Geral da CNBB, já construíra (eu já estava na Comissão) uma pauta bem mais ampla de encaminhamentos para a “futura” Comissão. Vou ter que escolher nova Assessoria. Enfim, teremos muito trabalho para ajudar na construção de um país mais justo, fraterno, solidário e de Vida Plena para todos e todas e para o Planeta.

Rezem por mim e a nova Comissão para que tenhamos a luz, sabedoria e o Amor de Deus, tão necessários e indispensáveis para esta missão que os bispos, ou, a Igreja no Brasil me confia a coordenar nos próximos 4 anos”.

Deus abençoe a todos e todas.

 

Dom Guilherme foi eleito presidente da Comissão Episcopal de Pastoral para o Serviço da Justiça, da Caridade e da Paz
Veja a seguir a carta escrita por Dom Guilherme falando de sua eleição: Ontem, dia 11, na parte da tarde, fui eleito como presidente da Comissão Episcopal de Pastoral para o Serviço da Justiça, da Caridade e da Paz. É a maior das 12 Compissões Episcopais de Pastoral. Temos, ao todo, 6 bispos na Comissão. Os 5 que comigo compoem a Comissão deverão ser indicados por mim e aprovados pelo Conselho Permanente.
São ao todo 22 pastorais sociais e seus desdobramentos que fazem parte de nosso trabalho. Pretendo fazer uma gestaão e trabalho com o método participativo.
Temos que dar uma atenção especial às questões indígenas, afros, meio ambiente, solo urbano e suas graves consequencias, escraviões tanto as tradicionais da terra quanto das drogas, além de tudo que já está sendo feito há tanto tempo por todas as pastorais sociais.
Também foi aprovada, em Assembleia e por unanimidade a necessidade de uma 5ª Semana Social Brasileira.
Na última reunião que a a Comissão realizou antes da atual Assembléia Geral da CNBB, já construimos (eu já estava na Comissão) uma pauta bem mais ampla de encaminhamentos para a “futura” Comissão. Vou ter que escolher nova Assessoria. Enfim, teremos muito trabalho para ajudar na construção de um país mais justo, fraterno, solidário e de Vida Plena para todos e todas e para o Planeta.Rezem por mim e a nova Comissão para que tenhamos a luz, sabedoria e o Amor de Deus, tão necessários e indispensáveis vpara esta missão que os bispos, ou, a Igreja no Brasil me confia a coordenar nos próximos 4 anos. 

Deus abençoe a todos e todas.

+ Guilherme

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre Pe. Ivanilton,msj

Sou mineiro, natural de Águas Formosas, pequena cidade situada na região nordeste do estado. Desde muito cedo, gosto de trabalhar com minhas próprias mãos. Amo a cultura mineira, gosto do meu povo, das cantigas de roda e das famosas comidas típicas que só se encontram em Minas. Somente aos 18 anos de idade é que saí de casa, entrei para o Seminário do Instituto Missionário São José. Em Aparecida do Taboado, MS, recebi a formação propedêutica. Terminado este período, mudei-me para Taubaté, SP, onde cursei três anos de Filosofia, na UNITAU (Universidade de Taubaté) e, logo após, iniciei o curso de Teologia, pela faculdade Dehoniana. Passados quatro anos de estudos teológicos, fui ordenado Diácono, pelo Instituto Missionário São José, do qual sou membro. Em julho de 2009 fui ordenado Padre e, hoje, exerço o meu ministério na Paróquia Santa Rita de Cássia em Pontalina/GO. Creio que a vida é o dom mais precioso que Deus, gratuitamente nos presenteou. Por isso, carrego em meu coração, o desejo de viver seguindo os pés do Mestre dos mestres, Jesus de Nazaré. O lema que me inspira e ilumina a minha missão é: "Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham plenamente" (cf.: Jo 10,10b).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *