Arquivos da categoria: Otmismo

A vida é bela

 

Quantas pessoas encontramos por ai, nas estradas do quotidiano, desejando que o mistério da vida lhes traga flores… gente que almeja palavras e presentes simplesmente como um passe de mágica. Se esquece que as reações são frutos de ações, que não se colherá maçãs quem plantou limão – Eis uma grande verdade.

O amanha depende do presente, do que se faz com aquilo que se tem em mãos: possibilidades, ideias, sonhos, sentimentos, poder, presença  e palavras.

A vida, todavia, não é tão difícil como muitos pensam. A vida é bela! Ela ensina a quem quer que seja a arte de ser e viver. Só não aprende a arte da semeadura quem se fecha em seu próprio mundinho e vive a colecionar desistências. É possível sim, a quem parou à beira do caminho, sem forças e sem razão, ter fé e acreditar na força dos seus sonhos e redirecionar o caminhar na direção do amanhar… é possível aprender com as quedas o segredo do sucesso assim como é possível passar a vida inteira a lamuriar a decepção e o desencanto. E você, o que escolhe, o aprendizado e o recomeço ou a queda e a desistência?

Tudo depende do plantio… nos ensina o lavrador sobre o segredo da colheita. Do mesmo modo, nos ensina os sábios, sobre a arte da vida! Claro que a vida não é linear e previsivelmente programada, aliás, a vida é mistério, dom de Deus. Também não é tão complexa quanto muitos a imaginam. O segredo da vida, Jesus nos ensinou e nos ensina todas as vezes que o procurarmos!

Todavia, há quem diz saber o futuro ver – e há aqueles que acreditam nessas coisas…  Mas, como nos afirma o poeta “Nem sempre o sol brilha, também há dias em que a chuva cai…” – então, o viver exige do ser humano sabedoria para discernir e interpretar o cotidiano na ótica do aprendizado… e sonho para esperar no amanha suas possíveis realizações.

Aceitar as surpresas de cada dia sem desespero, é um jeito bom de se ter esperança…  acreditar que tudo vai passar e que algum aprendizado certamente poderá guardar.

O plantio exige de nós dedicação e esperança enquanto a colheita nos ensina o quanto é importante saber plantar.

Ass: Pe. Ivanilton,msj

Cada segundo

Ah! tudo será diferente…

Cada manhã nos é dado uma nova oportunidade de recomeçar a nossa vida.

Refazer o que não deu certo, concertar o que estragamos.

Um instante de vida, se bem vivido, sem desperdício, pode libertar muitos corações!

Cada palavra que professamos possui o tom que cantamos…

E cada canto que cantamos, expressa a melodia de nossa alma

Cada nota da canção de cada dia, a que somos convidados a compor, precisa ter o mínimo de harmonia e beleza

O problema se apresenta quando não nos damos conta da enorme oportunidade que temos e que deixará de existir a qualquer hora…

O tempo passa, e como diz a música, “com ele caminhamos todos juntos sem parar”…

Se juntamente com cada segundo que passa conseguíssemos ao menos sentir o bater do nosso coração com total despreocupação…

Ah! tudo seria diferente

Não existiria relações doentias, pessoas entristecidas e sonhos frustrados…

Às vezes, o que nos torna mal amados é justamente  o modo que escolhemos de viver cada momento de vida que nos é dado pelo Criador.

Se propiciarmos no ambiente em que estamos um clima de paz, com palavras de luz e olhares humanizantes, que admiram mais que condenam, que elevam mais que depreciam… Ah! certamente tudo será diferente…

Hoje ainda dá tempo… vamos recomeçar!

Pe. Ivanilton,msj

Já parei pra pensar

Artigo sobre o momentoGosto de acreditar no amanhã

Às vezes é preciso parar, olhar a realidade sem pressa, contemplar cada nuance  que a arte da existência possui, com total atenção e presença… Admirar a beleza que reveste as rosas… e somente assim conseguiremos compreender os espinhos a ela pertencentes. Tarefa um tanto difícil. Visualisar possibilidades num cenário onde dar um passo parece impossível – não é fácil. Gosto de acreditar no amanhã. Pensar que amanhã será melhor, mesmo porque sem isso, os meus sonhos morrerão. Ah! os sonhos morrem. Perceba uma coisa, onde não se fala em esperança, pouco ou quase nada consegue sonhar. Tenho aprendido no meu ministério, aliás nas coisas do meu cotidiano que na vida só temos uma missão: Viver!