Senta ao meu lado

A gente pre20140826_154825cisa de tempo pra conversar, sentir o prazer da presença, num encontro agradável de amigos. Enquanto temos tempo, aproveitemos para uma palavra e uma xícara de café, enquanto falamos de nós, como se fazia antigamente.

Como ontem se fazia, hoje precisamos exercitar mais o saborear do encontro, do olhar que acalma, do riso que cura. Presenças que curam e dão sentido ao viver. Através de um abraço, uma oração, uma moda, quem sabe um dedinho de prosa… Tudo isso é bom demais! O que outrora foi bom não podemos deixar morrer, nos faz muito bem recordar e viver sinais que renovam a vida.

É preciso sim, atualizar em nosso hábito cotidiano o sentar-se sem pressa, ao som da viola ou da palavra do ancião! As brincadeiras de família, as piadas de amigos e as cantigas de roda, mesmo que seja por pouco tempo, nos faz tão bem! Que jamais esqueçamos que são de detalhes assim que alimentamos amizades e vínculos, criamos relações duradouras que ficam marcadas no tempo e no coração!

Então, prepare a mesa, convide o seu amigo, o vizinho ou o parente que está esquecido, pegue o álbum, selecione os melhores momentos e compartilhe o prazer de ser família e de ser amigos! Vivamos mais!

Pe. Ivanilton

Ninguém consegue fazer tudo sozinho

http://www.brazilianvoice.com/wp-content/uploads/2013/08/trabalho-em-equipe.jpgSozinho, isolado, ninguém é capaz…

Começo com este verso para dizer que apesar das dificuldades, é muito bom trabalhar em equipe. A produção cresce e os frutos aparecem quando as forças se unem num objetivo comum. Quando se estabelece um projeto e todos buscam a realização do mesmo, com vigor e entusiasmo, as diferenças pessoais passam a somar e não mais dividir. A Comunidade cresce feliz, o resultado é fantástico!

No cenário atual, mais que nunca tem se falado muito de trabalho em equipe. Todavia, às vezes esta palavra tão bonita e significativa tem virado motivo de brincadeira e gracejos em tantos grupos e empresas, isso devido ao mal uso deste conceito. Vale a pena sim, dedicar mais tempo na construção de projetos inspirados pelos moldes da coletividade, do grupal, sem desconsiderar obviamente o pessoal. Afinal, cada um, na sua individualidade, com os seus dons próprios, é importante para todo o grupo.

Por isso, ficamos a pensar no quanto, hoje em dia, é urgente trabalhar o conceito “Trabalho em Equipe” em nossos momentos de reflexão em grupo. É urgente também recordar que há uma grande distância entre o que chamamos de Equipe e o que basicamente se interpreta por aí acerca do mesmo.

Às vezes é necessário parar um pouco e até desocupar-se mais para sofrer menos. Talvez seja preciso retirar, silenciar mais, subir a montanha… Mas, ao descer, na planície é preciso compartilhar mais daquilo que é possível e preciso.

Ninguém consegue fazer tudo sozinho, por isso, pedir ajuda, compartilhar ideias, estender a mão, agradecer o gesto, ser amigo, ter bom senso, tudo isso são tanto uma necessidade humana de ordem organizacional quanto um exercício que faz muito bem ao coração. Sem falar no bem que faz a todos aqueles que compõem o grupo. É também um jeito simples de revelar humildade… Estar aberto ao novo, ao outro, a novas ideias e sugestões. É descobrir, criar e partilhar novas ferramentas, novos gostos, gestos e possibilidades.

Você e eu podemos trabalhar em equipe. Somos capazes de trabalhar juntos. Com certeza juntos podemos mais, o grupo todo cresce, a empresa, a comunidade e todo o corpo será beneficiado! Ficamos felizes quando vemos tantas experiências novas surgindo em muitos lugares, graças a Deus! E, na medida em que vamos aprendendo a trabalhar em conjunto, de mãos dadas, o prazer e a alegria serão mais evidentes em nosso rosto. E é tão bom quando a gente encontra uma equipe que trabalha feliz, unidos no mesmo projeto, no mesmo foco. Assim o trabalho será dignificante e edificador para todos.

Pe. Ivanilton,msj