Santo remédio

Santo remédioConvido você a pensar diferente: Deixe o tempo cuidar, ele é um santo remédio! Não adianta desespero para conseguir solucionar os seus problemas, se para cada coisa existe um tempo debaixo do céu!

Pensar que a vida pode ser vivida com rápidos cliques, com um pensamento aceleradamente sem pensar, é uma tremenda ignorância do ser humano. Ninguém tem uma bola de cristal que lhe dê segurança em tudo o que faz e planeja fazer. Os resultados, ainda que se queira, não são tão simples de alcançar. Nem sempre as coisas saem do jeito que se projeta. Existe entre o projetar e o resultado uma diversidade de fatores que influenciam negativa e positivamente. Por isso: Tenha paciência, viver é assim mesmo!

Ao invés de desesperar, pode-se optar pela opção Paciência, assim me ensinou a minha mãe em um vídeo de depoimentos montado especialmente para uma homenagem a mim, por ocasião da minha Ordenação. Ela disse três vezes: “Paciência, meu filho, paciência, paciência…”

Eu não me converti à paciência, mas daquele dia em diante comecei a dedicar mais tempo observando meu temperamento diante de situações diversas. E sempre que estou andando muito rápido, ouço uma voz em meu coração dizendo: “Paciência, meu filho, paciência, paciência…” – Assim, pode-se pensar num fator que está machucando muita gente, a dificuldade em ser paciente diante das tribulações da vida, diante do desejo de resolver de modo imediato certos problemas, nestes casos, para muitos, é tempo de profunda ansiedade. O coração fica doente. E o pior:  Os ansiolíticos não resolvem tudo.

Mas o tempo, sim. Na linha do tempo da nossa história, Deus nos cura! O tempo de Deus pode curar muitas de nossas feridas. E não se esqueça: O tempo é um santo remédio.